fbpx

Secretária Arita Bergmann garante apoio ao Movimento Aliança Rio Grande para ampliação da infraestrutura de saúde

Representantes do Movimento Aliança Rio Grande estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira, 21, com a secretária Estadual de Saúde, Arita Bergmann. Participaram do encontro as entidades: CDL, Câmara de Comércio, AMPERG, SindiPesca, Sindicato Rural e Centro de Indústrias, juntamente com a Portos RS, FURG e o deputado Estadual Fábio Branco. O encontro atendeu a um pleito do Executivo Municipal feito ao Aliança por apoio em uma maior aproximação com o Governo do Estado na busca de recursos financeiros e materiais para o enfrentamento ao COVID-19. Durante a reunião mediada pelo presidente da CDL Igor Klinger, a Secretária garantiu contratualização para dobrar o número de leitos disponíveis, testes e outros encaminhamentos.

Durante uma reunião realizada na última sexta-feira, 15, entre a Prefeitura e empresários do município, que reuniu aproximadamente 50 pessoas, o principal pleito do Executivo foi a busca pela implantação de maior infraestrutura de saúde na cidade para enfrentar a pandemia. Na reunião de hoje, 21, o prefeito Alexandre Lindenmeyer cobrou do Governo do Estado maior liberação de recursos ao município. A secretária Arita Bergmann garantiu ao município que dez leitos seriam contratualizados pelo Governo do Estado com a Santa Casa, dobrando a capacidade atual. Esses novos leitos somam-se aos dez leitos habilitados pelo Ministério da Saúde.

O deputado estadual Fábio Branco pediu à Secretária que fossem liberados com celeridade os recursos advindos de emendas parlamentares. A Secretaria de Saúde informou que está trabalhando na tramitação para liberação de cerca de R$1,5 milhão de emendas que serão destinadas ao sistema de saúde do Rio Grande. Esses recursos ficarão livres para que os hospitais possam utilizar em suas necessidades prioritárias como compra de equipamentos e EPI`s.

Além disso, a Secretária garantiu ao vice-reitor da FURG, Danilo Giroldo, e ao Hospital Universitário que apreciaria de forma breve um convênio para implantação do Laboratório para análises de testes de COVID-19. Segundo a secretária, deverá ser enviado um plano regional para análise da pasta e, que um convênio direto com a FURG seria uma alternativa já adotada com sucesso com outras Universidades.

O superintendente dos Portos, Fernando Estima, garantiu que realizará um levantamento que será entregue a Secretaria de Saúde para que a atividade portuária seja enquadrada em protocolos de testagem já existentes pelo Governo do Estado. O presidente da Câmara de Comércio e empresário do setor portuário, Antônio Carlos Bacchieri Duarte, manifestou que são rígidos os protocolos que estão sendo cumpridos pelos navios quando chegam ao Porto do Rio Grande e também questionou sobre a lotação das UTIs dos dois hospitais. A resposta sobre este dia 21 foi de que não havia nenhum caso confirmado ocupando leito de UTI em nenhum dos dois hospitais.

Os empresários e diretores da CDL, Carlos Zanetti e Renato Lima diante das manifestações da Secretária de ampliação da infraestrutura de saúde do Rio Grande, pediram ao Prefeito uma maior flexibilização das atividades do comércio local tendo em vista o atendimento do Governo do Estado aos pleitos realizados. A Secretária por fim ressaltou que o Plano de Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul foi baseado em preceitos técnico-científicos e tem o reconhecimento de sua qualidade por diversas autoridades.

Por André Zenobini/ AZ Comunicação RS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email